Informativo da UEM

ISSN: 2238-5002 - Informativo 1111

ANO XXIII - Nº 1111 - 29 de outubro de 2014

Estou em: Home Informativos (2010) Informativo 917 Minha História
Minha História Imprimir E-mail

Gente que está ajudando a escrever as páginas dos 40 anos da UEM

Um dos funcionários mais antigos em atividade no ILG, Sérgio Renato Garcia, 44 anos, entrou na UEM em 2 de abril de 1981. Começou a trabalhar no Protocolo onde ficou até 1986. De lá para cá seu ?QG? passou a ser o Instituto de Línguas, de onde ele nem pensa em sair. ?Gosto de trabalhar aqui e iria sofrer se tivesse que me transferir para outro setor?, diz. Na teoria o trabalho de Renato deveria se resumir à preparação do material didático de áudio e vídeo que os professores do Instituto utilizam em sala de aula e em laboratório. Na prática a história é outra. Ele mesmo explica. ?Quando cheguei aqui me deparei com uma dificuldade que era a reposição de peças dos nossos equipamentos. Dependíamos de São Paulo e às vezes a demora era tanta que comprometia o trabalho. Sem falar nos altos custos. Curioso por natureza, aprendi a mexer nos equipamentos?. A medida que o conhecimento avançava ele passava a fazer parte do trabalho de manutenção e reposição de peças. ?Com isso economizamos muito dinheiro e tempo?, diz orgulhoso. Renato também fala da satisfação de ver o Instituto prestando um serviço de excelência para a comunidade. E de poder dar sua parcela de contribuição para isso. Mas a UEM não lhe rendeu apenas a realização profissional. ?Aqui eu também conheci o grande amor da minha vida?, declara. Ele se refere à servidora da PJU, Leila Aparecida Ferreira Garcia. Os dois se conheceram ainda nos tempos do Protocolo. Apaixonaram-se, casaram-se e após muito planejamento tiveram a confirmação de um presente de Deus: a filha Renata, hoje com 11 anos. Afirma também que é um funcionário público com muito orgulho. ?Muitos podem até não concordar, mais a UEM é uma grande família feliz  que deu certo?.

José Zanelato Cargnin ingressou na UEM em 1979, 55 anos, como auxiliar de escritório, lotado na Diretoria de Material e Patrimônio, onde está até hoje. Foi na Universidade também que Zanelato cursou Ciências Contábeis. Em 1992, foi aprovado em concurso público e passou a ocupar o cargo de contador. Ao longo desses anos, ele ocupou diversas funções, de chefe de setor a diretor de Material e Patrimônio por três gestões. ?Eu sou de família muito simples e aqui na Universidade comecei por baixo, por isso quando assumi pela primeira vez o cargo de diretor muitas pessoas não acreditavam que daria certo, mas venci,? desabafa. Zanelato se orgulha de ter implantado, junto com servidores da Divisão de Compras, as modalidades de licitação pregão presencial e eletrônico e a consolidação de registros de preços da Universidade. Segundo ele, estas ações têm gerado economia aos cofres da UEM. Como muitos personagens da Minha História, Zanelato reconhece na UEM sua vida. ?A UEM representa um grande amor que encontrei e aqui realizei meus objetivos profissionais. E nesta oportunidade quero agradecer a todos aqueles que me ajudaram e também aqueles que muitas vezes fizeram oposição, pois entendo que é na adversidade que a gente cresce,? afirma. 

 

Teses & Dissertações

On-line

Nós temos 59 visitantes online

Estou em: Home Informativos (2010) Informativo 917 Minha História
Hot men haircut test